Arquivo

Archive for the ‘Hã?’ Category

Tá bom, mas e Agora José?

21 de fevereiro de 2008 5 comentários

Ninguém ai quer me pagar pra escrever aqui? Aceito até coxinha, mas só se for com catupiry. Pensar de graça cansa.

Não sou velho o suficiente pra ficar falando do passado e nem tão novo pra ficar sonhando com o futuro.

E nem tenho talento o suficiente pra ficar escrevendo frases de efeito, ou frases que tenham qualquer efeito.

E nem sei SE tenho talento, minha mãe não lê meus textos pra poder mentir e dizer que são bons. Um incentivo falso às vezes basta, tem tanta gente arrasando ui! por ai só porque suas respectivas matriarcas deram apoio quando não deviam.

Quando eu crescer vou ser menos entediado.

Acabei de ler o 1984 sinto a necessidade de parecer inteligente e fazer alguma referência rebuscada, coisa do tipo: “Winston sempre amou o Grande Irmão”.

PÁ PÁ RÁ – PÁ PÁ RÁ – PÁ PÁ RÁ PÁ PÁ

Aleatório:
Acepções
■ adjetivo
1 que depende das circunstâncias, do acaso; casual, fortuito, contingente
1.1 que depende de ocorrências imprevisíveis quanto a vantagens ou prejuízos
2 Rubrica: física.
referente a fenômenos físicos para os quais as variáveis tomam valores segundo uma determinada lei de probabilidade (p.ex., o movimento browniano)
Etimologia
lat. aleatorìus,a,um ‘relativo a jogo de azar ou aos jogadores’, der. de aleátor,óris ‘jogador’, e este de alèa,ae ‘dado de jogar; jogo de dados; qualquer jogo de azar’; ver aleator(i)-

Já sei! Vou virar poeta!

E depois revolucionário, começo amanhã. Quero ver a cara da atendente do Mc Donalds quando eu pedir um Big Mac SEM picles! O sistema que me aguarde.

Eu tenho um papagaio. Ele gosta de comer pedaços de frango.

Três notas Silvio, eu mato essa em três notas, vai lá Maestro Zezinho, manda ae.

Tinha um rato morto no telhado de casa hoje. Acho que ele também gostava de pedaços de frango. Mas não tinha asas!

Créu! (Velocidade 6)

E isso crianças, é uma música triste:

E como todos já suspeitavam: É UMA CILADA BINO!!

Anúncios